9/8/05

últimas...

Estamos vivos! O meu gatinho está muito melhor. O meu pai está muito mais pobre. O veterinário continua um banana. E se me estiveres a ler, tens o arzinho frágil e assustado de um culturista que entrou ao engano numa discoteca gay. E o meu pai pensa o mesmo...que ele disse-me. Aliás foi ele que disse primeiro.
Eu muito em breve terei mais umas linhas na palma da mão para baralhar as quiromantes...assim que isto sarar. Confesso que hoje o 'high five' com a mafarrica de 6 anos com quem faço babysitting doeu. A criança tem cá uma esquerda!...E diz ela que quer conhecer o meu gato...!

- Tá bem, um dia.
- Jo-a-na...?
- Sim.
- Conta-me porque é que tens esses pensos todos nas mãos.
- (sorri) Porque eu tive de ir com o meu gatinho ao veterinário e ele ficou muito zangado porque o magoaram com uma pica. E como era eu que estava a agarrá-lo, ele arranhou-me para se soltar. Percebes agora, querida? Eu fiquei com as mãos assim e tive de pôr....
- NÃaao! Isso a minha mãe já me contou. Eu quero é saber os pormenores. (sentando-se com a pose altiva de uma senhorinha) Conta tudo!!
-Mmmm...Maria...vai comendo a sopa mas diz-me uma coisa...alguém já te explicou o que é um blog?...






7 comments:

CC said...

O teu gato a ir veterinário faz-me lembrar eu a ir ao dentista, só que como eu rôo as minhas unhas as pessoas que eventualmente possam estar à minha volta estão mais seguras do que com o teu gato ( é nessas alturas que eu me arrependo de as roer). Mais semelhanças, o meu dentista tb é um banana especialmente quando me pedia para cuspir para o copo quando o posicionava estrategicamente a meio metro de distância, obrigando-me a treinar os meus dotes balísticos. E curiosamente sempre que eu cuspia era quando entrava a jeitosa da assistente que perguntava "Então André? Babou-se outra vez, não foi? Deixe lá.." E ele ria-se. Nada como isto para alimentar o ego.
Bem, mas as melhoras e completa recuperação para o teu gato.
E quanto à tua babysitteress podes sempre levá-la na próximas consulta para ela segurar no teu gato.

Papá Urso said...

:)

para quando um livro deste blog? ou um cd? ou um dvd? ou um postal? ou um sinal de fumo?

bj**

Swatchfreak said...

Depois deste post fiquei aqui a pensar:
Tenho um filho ou compro um gato!!!!
Estou confuso!!!!

Ricardo Leal said...

Já estás a meter o bichinho na miuda?

Beijito esquimo!

legivel said...

Não contas tudo à criança e ela começa a interrogar-se (e com razão) «Mas isto aqui não é o da Joana?!»

Frágil e assustado eu?! Olha pra mim possante e à vontade numa discoteca gay:
- o que vai tomar?
- um copo de leite morno, fax favor!

Beijinhos e bom fim de semana!

mood said...

Obrigada CC :) Eu e o meu gato estamos solidários contigo de cada vez que vais ao dentista. No meu pelo menos há aquilo que eu chamo de 'a sala da baba'...põem os doentes numa sala à parte para n incomodarem ninguém lool.
Obrigada pelas melhoras.
Bjinhos

Papá urso, sempre tão querido. :)
Sinais de fumo ainda vá...
Bjinhos,

Swatchfreak, vai por etapas. Experimenta primeiro o gato ;)
bjoo

Run away man, é. Desde que ouvi falar de uma criança com sete anos que já fala no messenger...n queria acreditar.Bjito esquimó

Legível, epá...copo de leite ainda é aquela, agora como de leite morno???!!! Isso é de coragem, homem. Tiro-te o chapéu.
Bjinhos e bom fds tb para ti :)

Anonymous said...

Esta estória lembrou-me a do gato consultor... mas se a contasse aqui perdias audiência! :D
Ainda me dizias mas isto é "o da Joana"? :D
Beijos

João Mãos de Tesoura