6/29/08

Há sempre uma bodega de uma letrinha que me escapa




Agora, é impressão minha ou aquele bonequinho azul são eles a su-ge-rir que se não acertarmos à primeira é porque somos.... ? Acho mal brincar assim com os deficientes.





As frases do dia- Estratégias de motivação de equipas: um post sobre a analidade da vida empresarial

"Por mais humilde que seja, um bom trabalho inspira a sensação de vitória."
Como por exemplo na prisão de ventre. Quando não se consegue, um cócózinho razoável já dá muita alegriazinha às misérias de muita gente.

"A maior recompensa do trabalho não é só o que nos pagam por ele, mas aquilo em que ele nos transforma."
Excepto quando nos transforma em cócós.

"Como seres humanos inteligentes, só nós somos culpados pelo nosso sucesso."
Isso significando que somos inocentes no nosso insucesso?... Psicologia invertida de merda. "Permito-vos que enfiem a culpa onde melhor vos aprouver, e não haja luz diurna.De preferência"

"Cumprir! Antecipar necessidades e superar expectativas! Estar num lugar chamado futuro quando os outros lá chegam! Isto é ser..."
Isto é sofrer de desorientação espácio-temporal.

"Se não posso realizar grandes coisas, posso pelo menos fazer pequenas coisas com grandeza."
Como o cócó, já tínhamos visto isto. Repetitivozinhos, não?

"Nunca olhes para baixo, para testar o chão antes de dares o próximo passo."
Não olhem vocês, olha-olha. Nas ruas de Lisboa?! Tá bem-tá.


"Vencer a si próprio é a maior de todas as vitórias..."
e o princípio da perturbação de dupla personalidade, seus cabeças de cócó.

"O importante é aquilo que sentimos e não o que dizemos, mas se não o dizermos não podemos chegar aos outros... Partilhem..."
Se não o dissermos. Dissermos. Isso- partilhem, uma gramática.

"Aquele que dá um bom conselho, constrói com uma mão; aquele que dá bom conselho e bom exemplo, constrói com as duas; mas aquele que dá um bom conselho e um mau exemplo, constrói com uma mão e destrói com a outra."
E depois há aquele que mete os pés pelas mãos, e se arma em ancião incontinente. cÓCÓ! Cócó-cócó! Cócó!... Cócó.

Deixar tudo para amanhã é como usar um cartão de crédito: muito divertido... até que chegue o momento de receber a conta."
Epa... como dizer isto delicadamente, tendo em conta a boa intenção para motivar os colegas?... Sei que isto talvez te vá chocar mas... Isto é um Banco.

Por fim: "Se não vences pela sabedoria, vence pelo esforço!"
Leia-se: És burro...Tsst, é chato, mas pronto, deixa lá isso. Não há-de ser nada. Escreve p'raí umas frases do dia para animar esta m**** deste pessoal.

6/20/08

Face ao último acontecimento, o país está enlutado. Claro.

O panteão Nacional regista nos últimos dias uma estranha trepidação de 7.5 na escala de Richter. A população local insiste que do monumento, mal a lua levanta, se ouve um estranho vibrato "Esta tristê-ê-zaaa que tra-a-gooo... foi de vós..." ecoando por S. Vicente afora. Consta que se seguem gritos e jargão de baixo nível. Muito baixo, mesmo.

«Paulo Gonzo canta " Foi Deus". Paulo Gonzo canta "Foi Deus", versão Blues.»

Fonte:
www.umanoticiamadecadavez.com
1Notícia má de cada vez- Jornal de publicação muito pontual, em prol da saúde pública em Portugal.

6/3/08

Diálogos muito pseudos

- Olha e já leste o Ensaio sobre a cegueira?
- Hmm. Não.
- ... E o ensaio sobre a Liberdade... do Stuart Mill?
- Também não.
- Posso emprestar...
- Hmm. Ensaio né...?
- Pois.
- ... Prefiro ler quando o gajo os acabar.