6/26/06

Every Sperm is Sacred {Monty Python's Meaning of Life}


E por falar neles...um dos momentos mais hilariantes e atrevidos da história do Cinema. As boas coisas são para partilhar e rever.

6/25/06

Elogio do Amor, Miguel Esteves Cardoso in EXPRESSO

Deixo-vos um excerto...

Citado por Fernando Alvim no http://esperobemquenao.blogspot.com

"(...) Eu quero fazer o elogio do amor puro, do amor cego, do amor estúpido, do amor doente, do único amor verdadeiro que há, estou farto de conversas, farto de compreensões, farto de conveniências de serviço.Nunca vi namorados tão embrutecidos, tão cobardes e tão comodistas como os de hoje. Incapazes de um gesto largo, de correr um risco, de um rasgo de ousadia, são uma raça de telefoneiros e capangas de cantina, malta do "tá bem, tudo bem", tomadores de bicas, alcançadores de compromissos, banançides, borra-botas, matadores do romance, romanticidas.Já ninguém se apaixona? Já ninguém aceita a paixão pura, a saudade sem fim, a tristeza, o desequilíbrio, o medo, o custo, o amor, a doença que é como um cancro a comer-nos o coração e que nos canta no peito ao mesmo tempo?O amor é uma coisa, a vida é outra.O amor não é para ser uma ajudinha. Não é para ser o alívio, o repouso, o intervalo, a pancadinha nas costas, a pausa que refresca, o pronto-socorro da tortuosa estrada da vida, o nosso "dá lá um jeitinho sentimental".Odeio esta mania contemporânea por sopas e descanso. Odeio os novos casalinhos.Para onde quer que se olhe, já não se vê romance, gritaria, maluquice, facada, abraços, flores. O amor fechou a loja. Foi trespassada ao pessoal da pantufa e da serenidade.Amor é amor. É essa beleza. É esse perigo (...)"

6/17/06

Das neurociências ao humor nonsense- primeiro post de (algum) interesse científico ou simplesmente parvo.

Às vezes penso se não teremos de facto uma zona do Cérebro responsável pela regulação do humor nonsense (que diria Damásio?) algo descoberto puerilmente por gajos brilhantes como Mel Brooks, Monthy Phyton, adaptado à cultura portuguesa pelas Produções fictíceas, e plagiado erroneamente para além do limiar da paciência pela blogoesfera...como sendo bandeira oficial d' O conceito actual de humor.
Porque na realidade, qualquer humano quando reunidas as condições, e uma vez desvendada a fórmula, se revela capaz de produzir discursos verbais e não-verbais relativamente simples neste registo de humor que vigora de momento. (Apesar de haver aqueles que com isso julgam atravessar a barreira para o lado dos 'verdadeiros grandes malucos' que até conseguem arranjar miúdas... porque subitamente têm um "sentido de humor especial").

Ora, pondo de parte a veia humana sobejamente reconhecida para a 'macaquice', haverá de facto alguma àrea cerebral responsável pelo temperamento nonsense? hum?!... aquele que visa de modo inteligível e inteligente romper com um discurso dito coerente acerca da realidade?

Tendo em conta que:
1) uma das tarefas humanas mais exigentes do ponto de vista emocional é chegar a um sentido consistente e integrado da Vida, cujos alicerces estão em premissas que nos são transmitidas culturalmente (que em certa medida são necessárias para a manutenção e sobrevivência da estrutura social nas gerações vindouras)...
2) e que este tipo de humor coloca a nú as fragilidades desses pressupostos e do próprio homem, permitindo-lhe rir perante a evidência da sua imperfeição, e consequentemente o alivia da pressão social sufocante para ser exemplar...

...posto isto, será que mais do que um registo eficaz de entretenimento estamos mesmo é perante um fenómeno de regulação da homeostasia psíquica? ....

- não sei se foi do polvo vinagrete ao almoço, mas hoje estás especialmente radiante.

...Ou isso, ou sou eu que simplesmente continuo um bocadinho neurótica, e a divagar muito enquanto falam comigo.

6/15/06

Hora dos discos pedidos aqui n'O da Joana' em FM

... Deixo-vos nas próximas linhas com The Bravery, honest mistake, (lamento mas ainda não sei como pôr aquelas aparelhagenzitas por aqui...por isso, visualizem a cena. Tão a visualizar?!) dedicado à Lexi(http://istherelifebeyondcinema.blogspot.com/) que hoje faz... algumas... primaveras. Porque sim. Porque é uma criatura especial de Deus. Porque é minha amiga. Porque merece. E porque é uma enciclopédia ambulante de música. Tomara que ela postasse/blogasse com mais afinco e dedicação e teríamos provavelmente dos melhores spots da blogoesfera para curtir um ganda som.
Assim, e em homenagem a esta delicada flor, O da Joana organiza-lhe uma festinha por aqui. É a rambóia! É a lócura!!!! (Ú-Ú). O after party segue para o blog dela. Tomem todos a liberdade de intervir no som da festa... mas cuidado com os combóios aí na box de comentários que o espaço não é muito grande. Quem é que alinha nas caipirinhas?!!

Ide e clicai...

6/12/06

...e então ele avançou com a canção do malandro.

- ... Hey babe, will you larai-larai with me... all night long?

- Well, ... if that's what you reeeeealy want....Sure babe.



E acabaram a noite no Karaoke.

6/11/06

3 coisas chatinhas no Verão

1º Os escaldões de abertura da época balnear (au!)

2º As melgas XXL (au!)

3º Quando o condutor se esqueceu das chaves do veículo na porta do mesmo e só se apercebe disso 5 horas depois. Numa praia com o seu quê de selvagem, a muitos kilómetros de distância de casa e estando os presentes com geleiras gigantes, pesadas, ainda cheias de gelo e de garrafas de vodka, debaixo de uns seguros 29 graus Alentejanos. A taquicardia!

4º (Ok. Afinal são 4) Os 'animais' que deixam na areia a marca da sua presença ignóbil neste mundo, frequentemente materializada em latas de atum, garrafas de refrigerante, aglomerados de beatas e embalagens de bollycao. Era grafittá-los de vermelho e marcar-lhes a porta de casa!...
Já estou a visualizar tudo....o estendal...as cuecas...as calças caqui...uma fileira de latas de grão-de-bico, daquelas enferrujadinhas...um ou dois caracolinhos de casca de maçã amarelecida. E porque não uma fralda usada para colorir o ambiente? Para lhe dar textura e assim. (Houvesse um changing Rooms para suínos poluidores!)
Há ódiozinhos de estimação. E há-que acarinhá-los.



6/9/06

Abre hoje o' Mercado Negro'

Projecto sediado numa casa antiga da cidade de Aveiro, o Mercado Negro apresenta-se pela primeira vez logo à noite com o intuito de oferecer uma proposta cultural inovadora e de qualidade. Será um espaço multi-funcional, constituído por um auditório para 90 pessoas, um café composto por três salas, Loja de música DB, Livraria Navio de Espelhos, loja Lollipop, loja de design Miyabi e a galeria Poc de Tot.

A inauguração será hoje pelas 21h30 na R. João Mendonça, 17 (em frente ao canal principal de Aveiro) e a festa terá início lá pelas 22h30 com a actuação do aclamado Old Jerusalém, o colectivo de Dj's 7Magníficos e o projecto Entre-Tantos. A noite conta ainda com a inauguração da exposição de Margarida Torres, Criminal Art- I've got All The Scissors With Me.
A entrada é livre para todos os eventos, exceptuando o concerto que estará limitado à capacidade do auditório.


A agenda promete e já para as próximas semanas o mercado Negro convida-nos para um ciclo de cinema dedicado à British New Wave dos anos 60, sessões de leitura com participação de músicos, apresentação de novos livros e outros concertos.

Mais informações em:
http://mercadonegro-aveiro.blogspot.com

6/5/06

...e falando em tropeçar. Amar o próximo, dói.

...E ouve bem, ó mocinho simpático cujo nome eu não sei mas que esteve no Alvaláxia no domingo, para a próxima vez eu não volto a correr atrás de ti. Para a próxima vez eu não vou correr o risco de dar um tralho circense nas escadas rolantes e ganhar um joelho negro e outro esfolado só porque tu és distraído. Da próxima vez que saíres à pressa de um multibanco sem olhar para trás, FICO EU COM OS 20 EUROS!!
Ter consciência dói...Já dizia Freud.